terça-feira, novembro 20, 2007

Encontro dos Entalados. O Rescaldo!
Lá fora chove. Um convite à melancolia. Ver a água a escorrer nos vidros da janela. Observar as folhas das árvores que se dobram e crepitam sob o peso das gotas. As pessoas que andam dobradas na vã tentativa de se protegerem da chuva... mas... que importam estas lamechices?
Ainda no Domingo o tempo estava perfeito. Frio, mas perfeito.
A aderência do melhor e a malta satisfeita, a subir às pedras.
No Domingo decorria o segundo dia do “Encontro dos Entalados” na barragem de Santa Luzia.

No Sábado, às oito da manhã, o termómetro marcava os zero graus.
No paredão da barragem uma ligeira brisa acentuava um pouco mais a sensação de frio. No entanto, apesar das condições adversas, o pessoal lá foi aparecendo para realizar as inscrições no auto-intitulado “melhor encontro de escalada do fim-de-semana” (era o único!).
Foi curioso observar a variedade de “vário-pintas” que, vindos de diversos locais do País, foram chegando à mesa de inscrições (genialmente organizada pela Natália e Daniela). A maioria, afundados nos gorros e nos casacos de penas, ostentando os friends e entaladores e com as cordas ao ombro. Dava a impressão que o que estava afinal a ser organizado era um encontro Invernal na Escócia.
Contudo, o frio não foi suficiente para demover os corajosos escaladores, que após degustarem um troço de bolo (patrocínio da Natália e da minha mãezinha) ou um troço de salame (patrocínio da mãezinha do Miguel), se dirigiram às paredes para degustarem algo mais duro, como as fissuras de Stª Luzia.
Ao longo do dia eram muitas as cordadas espalhadas pelos cinco sectores. O paredão da barragem oferecia o “spot” perfeito para observar a acção desenvolvida. Desde esse ponto o Miguel dedicou-se a realizar a reportagem fotográfica do evento.
Montes de “clássicos sem futuro” disseminados pelas vias “mais, mais” da Luzia.
A super clássica “Canto do Cuco” foi uma das vias preferidas tendo sido assediada várias vezes pelos friends e entaladores dos participantes.
Uma das mais duras vias abertas até à data, a “Fissura dos Mclouds”, também foi frequentemente visitada, tendo sido encadeada e inclusivamente realizada “à vista” pela primeira vez. Consta que também foi imediatamente decotada (adivinhem lá por quem)!
Na parede do Manómetro, as ascensões realizadas surpreenderam. Afoitos escaladores atreveram-se a enfrentar a sombria parede, repetindo linhas como a “Blood Runner”, a “Bela flor cimentada” e a “Manómetro 08-006, S3”.
Claro que, numa actividade em terreno de aventura que se preze não poderá faltar o incidente de taquicardia da praxe. No caso do encontro em questão, o incidente eleito ao primeiro prémio, ocorreu na intimidante parede do Falcão e foi protagonizado por um dos ilustres participantes quando escalava o segundo largo da via “Falco”. Este, escalando em segundo de cordada, inadvertidamente provocou um desprendimento de pedras que o lançou numa mega queda em pêndulo, com o fino cordel de 8,5 mm ao qual estava atado, a roçar em todas rochas e mais algumas. Felizmente, o único acidentado foi o relógio do escalador, no qual ficou para sempre registada a hora do crime.
O Sol escondeu-se atrás do horizonte e o frio da noite obrigou a recolher às box`s, excepto alguns resistentes (cinco cordadas!) que resolveram enfrentar os últimos lances das respectivas vias envoltos na escuridão e... sem frontal! Tudo correu pelo melhor e, algum tempo depois já todos desfrutavam do calor aconchegante do restaurante da aldeia de Casal da Lapa.
Três representantes da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra deram o ar de sua graça e em breve todos os presentes mastigavam o excelente jantar providenciado pela cozinha do Café das Beiras.
Após a sobremesa e cafés, o João (Irmandade da Topalhada) foi raptado para realizar o inevitável discurso de agradecimentos, uma vez que a organização do evento estava demasiado ocupada (leia-se envergonhada) para falar aos presentes.
Não fugindo à tradição e com o já habitual apoio da loja Espaços Naturais, foi sorteada uma corda de escalada novinha em folha (e ainda sem pêlos levantados ou mazelas várias, fruto de “coquinadas” de pedras rolantes) pelos aventureiros, agora transformados em Jantaristas. Para grande inveja de muitos, a contemplada foi a jovem Romana, que ainda por cima se estreava nestas lides da escalada de auto-protecção. Uma feliz coincidência que (creio eu) acabou por deixar todos satisfeitos.
A noite terminou com um fado verdadeiramente genial, escrito e cantado pelo João, num acto de inspiração e improviso, empurrados pelo vinho da casa. Por falar no vinho, este foi para muitos, o catalizador do sono que enviou cada um para o seu canto (uns para as tendas, outros para as carrinhas modificadas) a fim de passar uma noite descansada sob o céu fantasticamente estrelado.
Os zero graus do termómetro despertaram os resistentes que, após o pequeno-almoço, se lançaram de novo às paredes.
O inconfundível tilintar dos friends e demais quinquilharia fez-se ouvir uma vez mais e, embora em menor numero que no dia anterior, vários escaladores coloriram as vias da barragem.
Podemos afirmar com segurança que, graças ao entusiasmo e boa disposição dos participantes, o “Encontro dos Entalados” foi um sucesso.
Assim, talvez a “Clássica” tenha afinal algum futuro!

A organização gostaria de agradecer ás seguinte entidades e pessoas:

À Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra por ter autorizado o encontro, limpo alguns dos acessos a vias de escalada e toda a disponibilidade prestada.


Aos Abismados, nas pessoas de Natália e Sergio que, gentilmente trataram da edição dos croquis, ajudaram na organização e patrocinaram um bolo em forma de coração que rapidamente foi despedaçado!

À Loja Espaços Naturais, por ter oferecido as cordeletas (que decerto irão tirar alguém de algum apuro, no futuro!), os pequenos mosquetões e a valiosa corda de escalada sorteada no jantar.

À Irmandade da Topalhada, mais concretamente na pessoa do Bruno Gaspar que ajudou bastante na organização e ao João por ter realizado o discurso da ordem e ter cantado o genial “Faduncho Classiqueiro”.

A todos vocês que estiveram presentes e que deram o real sentido ao encontro.

Obrigado

Paulo Roxo
Daniela Teixeira
Miguel Grillo











































































































































































































20 Comments:

Anónimo said...

Bravo!!!

Parabéns a vocês pela iniciativa...

Bruno Gaspar

Anónimo said...

repito
BRAVO!!!
queremos mais

Daniela,o miminho dos bolinhos foi um dos pontos altos
Paulo, mas que super organização
Miguel, grandes fotos
Abismados, sempre simpáticos
Todos os outros, tudo super

Teresa

#escalador said...

que inveja...
que inveja de nao ter podido ir...
para a proxima quem sabe;)

sesa said...

Foi o melhor encontro do fim de semana de todo o sempre. Agradecemos o prazer que nos proporcionaram, divertimo-nos muito. Escalamos desde madrugada até de noite serrada (isto nos dois dias). Para quem não ficou para ver saimos no domingo bem de noite da via (tinhamos que ensarilhar de alguma forma).
Adoramos a simpatia de todos, o salame, as vias, de tudo tudo tudo até do pessoal da "câmbra"...

Memorável!

queremos mais.
que o abismo esteja convosco...

Abismados

lacqua said...

Mais uma vez muito obrigada pelo agradável fim-de-semana que nos proporcionaram!
E claro, pela cordinha ;)

Romana

TPais said...

Por motivos alheios à minha vontade não pude participar no melhor encontro do fim de semana! Ainda assim quero dar-vos os parabens pela iniciativa. Acho que a "Clássica" está muito mais "in" do que vocês pensavam!eheh!
Aproveito tambem para perguntar se, mediante a transferência do devido soldo, é possivel obter o melhor croqui (creio ser o único, não?ehhe!) da zona de escalada da B. Sta Luzia
Abraço a todos
TiagoP

larau said...

parabéns pessoal! Foi realmente um encontro bem entalado. Acho que toda agente ficou bem agarrado aquele lugar e eu em particular aquelas fissuras que tanto chamaram por mim. Roxo, tens razão quando me dizias estes anos todos: "larau não sabes o que andas a perder...". Agora espero recuperar esses tempo perdido e ... já lá estive a "micar" umas linhas... eh eh eh
Parabéns pessoal mais uma vez, foi mesmo muito bom. Até o tempo ajudou.
Ah outra coisa Daniela, gostei do pormenor dos bolos...
Miguel boas fotos sim senhor! Parabens!

Anónimo said...

belas fotos e reportagem!
alto ambiente... =)

jandiro

FPereira said...

Depois deste encontro só vai haver dois tipos de "classicos:
- os que saem das vias de dia ;
- os que saem das vias de noite;
- e os que tiram fotos memoráveis.

Bons momentos. Valeu bem a pena apesar de ter ido só no sábado.
FP

Nuno said...

Bolos DELICIOSOS!
BOAS vias!
Ambiente FANTÁSTICO!
EXCELENTE jantar!
GRANDES fotos!
Em suma ESPECTACULAR!

Obrigado,
Nuno.

FCS said...

Bolas! Que azar clássico o meu. Fiquei entalado por uma causa maior e perdi o melhor encontro de "amigos" de sempre.
Ainda por cima está aqui uma excelente reportagem para me aumentar a pena.
(E havia salame e bolos e tudo!)

Tudo perfeito... maldição!
Abcs

Isabel said...

:) Que mais se pode dizer?!?
Foi realmente um excelente fim de semana! Parabens à Organização, estava tudo perfeito, até o friozinho e o céu descoberto. Realmente vocês pensaram em tudo.

Já só penso no próximo Encontro de Entalados!!! Onde vai ser, já decidiram?! :)

Isabel

Anónimo said...

Os passados dias 17 e 18 vão para sempre ficar registados na minha memória com os seguintes factos:

-melhor encontro (do fim de semana!)
-melhor via (do fim de semana!)
-melhor cordada (do fim de semana!)
-melhor comida (do fim de semana!)
-melhor teste às capacidades de uma corda de escalada (do fim de semana!)

Assim manifesto a minha alegria em ter participado em tal evento e presto a maior homenagem aos respectivos organizadores e participantes (do fim de semana!!!).

Um grande abraço à comunidade escaladora,
Ass.
O homem do relógio

Anónimo said...

Afinal há mais "amigos" por esse Portugal fora...
Grande encontro!
Parabéns pelas vias!
Abraço

Cardinal

Anónimo said...

Excelente Encontro...muitos parabens!
Que qualidade...para quando o proximo? ;)

PB

Anónimo said...

Só foi pena o fim de semana não ser prolongado...
De resto tudo óptimo.
As vias, os bolos, o ambiente, o convívio, o faduncho, as fotos, as entaladelas...
BRAVO!! Adorei! Estão de parabéns!
Encontro memorável. CLÁSSICO!!
Zé Miguel

Anónimo said...

Obrigado a todos pelo excelente fim de semana e em especial ao São Pedro por aguardar pela 2a feira antes de começar a encher a barragem.

Espero que haja mais repetições, das vias e encontros.

Carlos Baquero

chb said...

Fonix... como é que um gajo deixa passar uma oportunidade destas?!?

Ainda por cima havia bolos e tudo!!!

E com esta reportagem e foto-reportagem ainda mais fome me dá... e também vontade de participar no próximo encontro de entalados... :p

Muito boa iniciativa!!

Abraço e beijinhos aos respectivos(as)...

P.R. said...

A "gerência" do melhor encontro de escalada do fim de semana em que ocorreu, desejava agradecer TODOS os cumprimentos e a TODOS os participantes.
Para o ano?...
Talvez, talvez...

Quiçá nos "entalemos" na organização de mais um encontro!

Abraços e beijocas para todos/as.

"Os clássicos sem futuro".

Sérgio Barranco said...

Bons dias



Sei que este não é o e-mail indicado mas vocês não têm nenhum disponível no blog. Espero que consiga contactar com vocês.

Á oito anos comecei a praticar escalada, fiz um pequeno curso de escalada desportiva no Porto e adorei, depois voltei para a minha terra, continuei a escalar, mas como tinha de escalar sozinho fui perdendo a vontade.

Descobri o vosso blog, e gosto muito de passar por lá para ler vossas expedições, tive pena não saber deste encontro se não tinha lá ido, pelo menos provar o vinho, e dar-vos a provar do meu.

Gostaria de vos receber aqui em minha terra para um encontro de escalada, eu preparo tudo, já agora eu moro em Mogadouro, sei que vocês sabem bem onde fica pois já cá estiveram, temos paredes excelentes que vos gostaria de apresentar no Rio Sabor, se estiverem interessados contactem-me, teria muito gosto em vos receber.





Atentamente

Sérgio barranco