terça-feira, janeiro 22, 2008

Venham daí os resíduos! Mais resíduos, muitos resíduos!

(Sempre sonhei em ter uma casa num parque natural...com vista para o mar)

"A Secil retomou sexta-feira a queima de resíduos perigosos na cimenteira da Arrábida, uma operação permitida pela decisão do Supremo Tribunal Administrativo, disse à agência Lusa fonte da cimenteira.

«A unidade esteve parada quase um ano. A queima que efectuámos na sexta-feira serviu para testar se estava tudo a funcionar normalmente. E estava. Esta semana vamos retomar a queima diária, estamos só à espera que cheguem os resíduos» para co-incinerar, afirmou Nuno Maia, porta-voz da Secil."

Pois, porque pelo que hoje ouvi na TSF, os resíduos que estavam em lista de espera já foram todos esturricados! Agora espera-se que chegem mais, algo como 12 pequenotes camiões extra repletos de residuos perigosos a passearem por ali...coisa pouca!

(Quando eu for grande quero ter um camião assim!)

Esturriquem mas é o Supremo Tribunal Admnistrativo e os administradores da Secil! Quem vota a favor da co-incineração destes...destes bandalhos?



4 Comments:

Anónimo said...

Como é que se insultam pessoas que não conhecemos....quando nem sabemos sobre o que escrevemos...
haja respeito...

Daniela Teixeira said...

Seguramente esqueceu-se de assinar.
Sim, porque nem me passa pela cabeça que não queira dizer quem é!
Daniela

PS: já agora, se quiser elucidar-me (ou elucidar-nos a todos) sobre este assunto do qual tanto sabe, tem óbviamente toda a liberdade para o fazer. Agradeço-lhe inclusivamente se usar este espaço. Seria muito bom que nos mostrasse a todos que as noticias publicadas em dezenas de meios de informação são enganosas.

andré said...

Oi,
concordo com o post do "anonimo" (embora desconhecendo-o).
E acho k o facto de nao ter assinado nao retira validade.
A ironia "Esturriquem mas é o Supremo Tribunal Admnistrativo..." prova a ignorancia e ausencia fundamentaçao.
Nao cabe a mim elucidar sobre o assunto mas sim a voces fundamentar as vossas criticas contra a co-incineraçao.
André Santos

Paulo Roxo said...

Ó André, que tal como fundamento o facto de a cimenteira e respectiva co-incineração estarem num parque natural? Esta não será uma razão mais que válida para se estar contra a co-incineração?

Paulo Roxo