terça-feira, setembro 19, 2006

Placa dos Mercadores
Quem já subiu ou desceu o Corredor dos Mercadores (Serra da Estrela), olhando com alguma atenção os muros, paredes e blocos de ambos os lados, certamente que reparou numa grande placa do lado esquerdo (para quem desce) logo abaixo da garganta inicial que actualmente forma a desportiva escola de escalada deste corredor.

Provavelmente que alguns dos que nela reparam pensaram e/ou inspeccionaram mais de perto as suas potencialidades.

Em Fevereiro de 2000, preparando-nos para uma viagem ao vale de Yosemite, na companhia do João “Animado” Ferreira e do Carlos Araújo, abrimos uma via (Via «Deslarga-te» (150 mts, A2)) nesta face do Cântaro Magro iniciando o 1º lance precisamente numa evidente fissura no flanco esquerda da enorme placa. Como a intenção era treinar para os grandes big-walls abrimos esta via basicamente toda em escalada artificial, que começa precisamente nesta citada fissura (1º largo) e depois cruza a grande plataforma ervosa das escadas do trilho normal para o Cântaro enlaçando com mais dois largos na parte superior, recorrendo um estético diedro e cruzando um característico tecto. Nesta abertura, ao chegarmos ao final do 1º largo, deparamo-nos com uma reunião equipada que mais tarde vim a saber pessoalmente que tinha sido equipada por um escalador com intenção de também ele investigar a placa e nomeadamente esta fissura.

Mais tarde, o Paulo Gorjão e o malogrado Bruno Pinheiro fizeram uma incursão para observar de perto este compacto muro, rapelando desde o seu topo. Ao constatarem a dificuldade das suas potencialidades, escalaram em livre, em Top-rope, a fissura do 1º largo da via «Deslarga-te».

Nos dois últimos fins-de-semana com o Paulo Roxo e o Bruno Gaspar num dos dias, assediamos incisivamente a Placa dos Mercadores. Deste assédio resultaram 3 novas vias, uma duríssima entrada directa a uma delas ainda por escalar (apesar das infrutíferas tentativas) e a ascensão integramente em livre do já citado 1º lance da via «Deslarga-te».

Enfim…felizmente a nossa Estrelinha continua a brindar-nos com preciosas pérolas.

Miguel Grillo

Bruno Gaspar encadeando a via «O Super-Hiper-Mega Guide»



Paulo Roxo abrindo a via «O Inseminador Implacável»



Miguel Grillo forçando em livre o 1º largo da via «Deslarga-te»




CROQUIS:




4 Comments:

Pereira said...

Queria aqui manifestar a minha preocupação porque me parece que neste Inverno não vai haver neve no Cântaro porque vocês não deixam a rocha quieta a arrefecer.
... mas afinal não há dúvida de que ainda há linhas interessantes e estéticas paredes para explorar.
...Isso bem escovadinho sachavor! e com coisas daquelas que brilham e têm um buraco pr'ás argolas, e que reduzem o borranço em certas e determinadas passagens sérias.

sesa said...

muy bien, continuem apertar forte.

al cardoso said...

Quem tem unhas e que toca viola.

Um abraco serrano e boas escaladas.

taia said...

Muito bom, pena ainda não ter unhas para isso.

Força